Se você necessita abortar, existem muitas organizações em toda América Latina que podem ajudar para que você aborte de maneira segura. Para conhecer quais organizações existem no país onde você vive e obter seus contatos, CLIQUE AQUI.

Os testes de gravidez são efetivos?

Se você realiza um teste de gravidez seguindo corretamente suas instruções, a efetividade é de 98%. Leia atentamente as instruções do teste, que recomendam, por exemplo, não ingerir muito líquido antes de realizá-lo já que isso pode diminuir sua efetividade. Além disso, é recomendável que realize uma ecografia ou um ultrassom que confirmará se está gravida ou não e, no caso de estar, permitirá saber de quantas semanas está a gestação; também permitirá saber se a gravidez é ectópica (gestação fora do útero) ou não.

Como aborto de maneira segura?

Os únicos dois métodos seguros para abortar recomendados pela Organização Mundial de Saúde são o aborto com medicamentos (com Misoprostol apenas ou com Misoprostol e Mifepristona) e o aborto com intervenção médica (Aspiração Manual Intra-Uterina, conhecida como AMIU).

Qualquer outro método NÃO é seguro já que pode colocar em risco sua saúde e sua vida.

Para abortar de forma segura é recomendado fazê-lo com a orientação de uma ou um profissional da saúde. Se isso não é possível, é indispensável estar bem informada, acompanhada e ter um hospital próximo por qualquer complicação que possa surgir. Na maioria dos países da América Latina existem muitas organizações que ajudam, orientam e acompanham para que você possa abortar de maneira segura. Para saber quais organizações existem no lugar onde você vive, acesse aqui e clique no país onde está.

O que é aborto com medicamentos?

O aborto com medicamentos é aquele realizado com uso de comprimidos de Misoprostol.

Pode ser realizado apenas com Misoprostol ou com o uso de Misoprostol combinado com Mifepristona, que são outros comprimidos.

O aborto com medicamentos é um dos dois métodos mais seguros para abortar, recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Mediante este método se produz a expulsão espontânea do conteúdo do útero.

Se vai abortar com medicamentos é muito importante que esteja bem informada, acompanhada e, se possível, atendida e orientada por uma médica ou médico de confiança.

Para obter informação detalhada sobre como abortar com medicamentos, acesse aqui e aqui.

ATENÇÃO!

Se pensa em abortar com medicamentos, deve estar segura de:

1) Não estar cursando uma gestação ectópica, ou seja, fora do útero. Os sintomas de gestação ectópica normalmente incluem dor e sangramento, mas apenas uma médica ou um médico podem dizer com certeza se você tem uma gestação ectópica.

2) Não ter colocado DIU (Dispositivo Intra-Uterino). Deve retirá-lo antes de começar o procedimento.

3) Não ser alérgica à Mifepristona e/ou ao Misoprostol.

4) Não apresentar problemas de coagulação sanguínea ou anemia severa.

5) Não padecer de doenças severas de fígado, coração ou epilepsia não controlada.

6) Não ter realizado uma cirurgia recente no útero ou uma cesariana.

Que é AMIU?

A Aspiração Manual Intra-Uterina (AMIU) é um dos dois métodos seguros para abortar recomendados pela Organização Mundial de Saúde. Consiste na aspiração do conteúdo do útero. É uma intervenção rápida (menos de dez minutos) e simples. Não é arriscada, a ponto de ser considerada menos arriscada que a extração de um dente molar.

Deve ser feita com a assistência de uma ou um profissional da saúde.

Qual método é efetivo?

Os únicos métodos efetivos são o aborto com medicamentos e a AMIU, recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O método com medicamentos combinados (Misoprostol e Mifepristona) tem 98% de efetividade. O método que utiliza apenas Misoprostol tem 85% de efetividade e a aspiração manual intra-uterina (AMIU) tem 99% de efetividade.

A curetagem ou a raspagem uterina é um método seguro?

Apesar de ser um método com um alto nível de efetividade, hoje em dia não é recomendado pela Organização Mundial de Saúde. Em contrapartida, o método AMIU é mais seguro, igualmente efetivo e não deixa sequelas ou cicatrizes.

É seguro abortar com métodos caseiros ou naturais?

Não. Não é seguro e é perigoso. Esses métodos podem colocar em risco sua saúde e sua vida. Até agora não existem evidências sobre a efetividade do uso de plantas ou remédios caseiros para interromper uma gestação. Esses métodos podem gerar diversas complicações, como abortos incompletos, que colocam em risco sua vida. Por isso recomendamos os métodos promovidos pela Organização Mundial de Saúde: os métodos com medicamentos e a AMIU.

É perigoso abortar?

Os métodos com medicamentos e a AMIU não são perigosos nem colocam em risco sua saúde se realizados de maneira adequada. Por isso recomendamos que esteja bem informada, acompanhada e, se possível, atendida e orientada por uma ou um profissional da saúde de confiança.

Qualquer outro método que não seja o método com medicamentos ou a AMIU pode ser perigoso e colocar em risco sua saúde e sua vida.

É legal abortar?

Cada país da América Latina tem sua própria legislação sobro aborto. Para saber se o aborto é legal no país em que você vive, recomendamos que entre em contato com as organizações que defendem o direito a abortar em seu país e as consulte, já que muitas vezes a legalidade ou ilegalidade de uma prática depende também da interpretação da lei. Para ver quais organizações promovem o direito ao aborto e podem te orientar para que acesse um aborto seguro onde vive, ingresse aqui e clique no país onde você está.

Quem pode me ajudar?

Fique tranquila. Você não está sozinha. Existem muitas organizações em toda América Latina que podem te ajudar, acompanhar e orientar com informação para que você possa abortar de maneira segura e efetiva; inclusive, em certos casos, essas mesmas organizações realizam abortos. Para saber quais organizações podem te ajudar na região onde você vive e conseguir seus contatos, acesse aqui e clique no país onde está. Fique tranquila, você não está sozinha.

¡CUIDADO!

Existem muitos sites e inclusive organizações que dão informação falsa ou que não respeitam os direitos das mulheres. Apenas contacte organizações que estão em nosso site ou aquelas sobre as quais você tenha alguma referência.

Em qualquer momento da gestação posso realizar um aborto?

O recomendado é que o aborto seja realizado nas primeiras 12 semanas de gestação. Entretanto, é possível realizar um aborto com medicamentos até a 22ª semana, dependendo de cada caso em particular.

Como sei de quantas semanas de gestação estou?

Para saber quantas semanas tem a gestação, é sempre mais efetivo realizar uma ecografia ou um ultrassom.

Você também pode calcular o tempo de gestação contando quantas semanas passaram desde o primeiro dia de sua última menstruação, por mais que esse método não seja exato e apenas permita calcular de maneira aproximada se o seu ciclo menstrual é regular.

Se faço um aborto, posso voltar a engravidar?

Sim, você pode voltar a engravidar não importa o número de abortos que tenha realizado. De fato, uma vez que o aborto se completou, você pode voltar a engravidar em poucos dias. Por isso, recomendamos que utilize algum método contraceptivo se não quiser engravidar quando retome suas relações sexuais. Para se informar sobre métodos contraceptivos, acesse aqui.

Já fiz um aborto, posso fazer outro?

Sim, realizar um aborto de maneira segura não traz complicações, por isso pode realizar quantas vezes necessite.

Quem pode fazer um aborto em mim?

Para realizar um aborto com medicamentos não é mecessária a intervenção de uma ou um profissional da saúde, mas recomendamos que busque uma ou um profissional da saúde de sua confiança para que te oriente e te informe sobre como realizar o procedimento de maneira segura e efetiva.

Para realizar uma AMIU é necessária a intervenção de uma ou um profissional da saúde que faça o procedimento. Não é necessário que seja uma médica ou um médico mas sim que seja uma ou um profissional da saúde capacitada ou capacitado e em quem você confie.

Lembre-se também que existem muitas organizações em toda América Latina que ajudam, acompanham, orientam e informam sobre como acessar um aborto seguro e que conhecem profissionais da saúde capacitadas e capacitados, seja para realizarem uma AMIU ou para orientações, se vai abortar com medicamentos.

Para saber quais organizações podem te ajudar na região onde você vive e conseguir seus contatos, acesse aqui e clique no país onde você está.

 

¡CUIDADO!

Para realizar uma AMIU não recorra a nenhuma pessoa que não seja uma ou um profissional da saúde em quem confie. Existem muitas pessoas que se passam por médicas e médicos e realizam abortos sem a capacitação adequada. Por isso é tão importante que recorra à orientação das organizações que promovem o direito das mulheres ao aborto seguro.

Posso abortar sozinha?

Se é com o método de medicamentos, sim, pode fazer sozinha, mas sempre é recomendado que esteja acompanhada e, se possível, orientada por uma médica ou um médico de confiança. Não é recomendado estar sozinha no momento de abortar com medicamentos já que, apesar de ser um método seguro, pode ocorrer um mal estar ou inconveniente que faça necessária a presença de alguém que te assista ou te acompanhe a algum centro de saúde.

Além disso, se vai abortar com medicamentos, lembre-se que é importante que o faça em um lugar onde possa chegar em um hospital em no máximo uma hora. Se não é possível que esteja acompanhada enquanto realize um aborto com medicamentos, ao menos se assegure que alguma pessoa de sua confiança esteja disponível para receber suas chamadas, caso necessite.

Se é com o método AMIU, você não pode realizar sozinha. Este método deve ser realizado por uma ou um profissional da saúde. Se não conhece uma ou um profissional da saúde de confiança e não quer abortar com medicamentos, recorra às organizações que promovem o direito ao aborto seguro em seu país para que te orientem. Acessando aqui e clicando no país onde você está, poderá ver que organizações que trabalham perto de você.

Como faço um aborto com medicamentos?

Se conhece alguma ou algum profissional da saúde de confiança, o recomendável é que consulte essa pessoa sobre como fazê-lo. Se não tem uma ou um profissional da saúde de confiança, na maioria dos países da América Latina existem organizações que dão informação específica sobre aborto seguro com medicamentos. Para saber quais estão no país onde você vive, acesse aqui.

Além disso, clicando aqui você vai encontrar manuais sobre aborto com medicamentos produzidos por orgnizações confiaveis e aqui vai encontrar instruções interativas sobre aborto com medicamentos.

Onde consigo os comprimidos para abortar?

Existem países que vendem o Misoprostol e a Mifepristona em farmácias e existem países onde não é possível consegui-los em farmácias. Nos países onde se vendem em farmácias, apesar de serem medicamentos que requerem uma receita médica, algumas vezes é possível consegui-los sem ela. Em muitos países existem organizações que ajudam a conseguir as receitas. Acesse aqui para ver quais organizações podem te ajudar a conseguir receitas médicas no país onde você vive. No Brasil, por exemplo, o uso desses medicamentos é exclusivo de hospitais que realizam abortos prescritos por lei. Nos países onde não se vendem esses medicamentos nas farmácias, recomendamos que busquem as organizações de mulheres feministas pois elas podem saber como te ajudar, ou você pode recorrer ao serviço de duas organizações confiáveis que enviam comprimidos abortivos pelo correio: Women Help Women e Women On Web. Clicando sobre esses nomes, você poderá acessar esse serviço.

Como sei se posso abortar com medicamentos?

Se pensa em abortar com medicamentos, deve estar segura de:

[/edgtf_list_ordered]

1) Não estar cursando uma gestação ectópica, ou seja, fora do útero. Os sintomas de gestação ectópica normalmente incluem dor e sangramento, mas apenas uma médica ou um médico podem dizer com certeza se você tem uma gestação ectópica.

2) Não ter colocado DIU (Dispositivo Intra-Uterino). Deve retirá-lo antes de começar o procedimento.

3) Não ser alérgica à Mifepristona e/ou ao Misoprostol.

4) Não apresentar problemas de coagulação sanguínea ou anemia severa.

5) Não padecer de doenças severas de fígado, coração ou epilepsia não controlada.

6) Não ter realizado uma cirurgia recente no útero ou uma cesariana.

 

[/edgtf_list_ordered]

Em qualquer dessas situações você não deve realizar um aborto com medicamentos. Se não tem acesso a uma médica ou a um médico de confiança para consultar suas dúvidas, recorra a uma das organizações que ajudam ou orientam sobre aborto seguro onde você estiver. Acesse aqui e clique no país onde vive para ver seus contatos.

O que eu devo dizer se tenho que voltar ao hospital depois de fazer um aborto?

Se o aborto não é legalizado onde vive e você necessita voltar ao hospital depois de ter feito um aborto com medicamentos, seja para realizar um controle ou porque o aborto não se completou, não se preocupe. A menos que fiquem restos de comprimidos na vagina (POR ISSO SE RECOMENDA USÁ-LAS DE FORMA SUBLINGUAL E NÃO VAGINAL), um aborto com medicamentos não se distingue de um aborto espontâneo. Uma vez no hospital, você pode dizer simplesmente que se sente mal, que teve sangramentos ou que não sabe o que está acontecendo com você.

Se você abortou com o método AMIU e não pode se consultar com a ou o profissional que realizou o procedimento, quando for ao hospital você pode dizer que se sente mal, que teve sangramentos ou que não sabe o que está acontecendo com você, já que tampouco é possível distinguir um aborto com AMIU de um aborto espontâneo.

Posso ficar grávida nos dias seguintes ao aborto?

Sim, você pode ficar grávida nos dias seguintes ao aborto. Por isso recomendamos que utilize algum método contraceptivo quando volte a ter relações sexuais para evitar uma gestação não desejada. Para se informar sobre métodos contraceptivos, acesse aqui.

Quando posso voltar a ter relações sexuais depois de abortar?

É melhor esperar de 4 a 7 dias depois de realizar um aborto. Logo depois de um aborto, o colo do útero pode estar ligeiramente aberto, o que gera um risco maior de infecções se você tem relações sexuais durante esse período.

Como previno outra gravidez?

Para prevenir uma gravidez, você deve utilizar algum método contraceptivo efetivo. Para se informar sobre métodos contraceptivos, clique aqui.